segunda-feira, janeiro 23, 2017


Adeus, inteligência…
Li há dias uma notícia deveras conturbante: parece que a inteligência está a desaparecer da massa genética global. Pelo menos na Islândia, de onde vem este estudo: lá os genes que predispõem as pessoas a tirar um curso superior estão a tornar-se cada vez mais raros. Uma explicação seria que as pessoas com estes genes e aptidões têm menos filhos, se é que têm alguns. E pelos vistos independentemente de tirarem um curso superior ou não, não sendo só portanto por esperarem para ter filhos por causa de tirarem o curso.
Por enquanto os cientistas islandeses ainda não estão muito preocupados nem têm visões de estarem a recuar para o estádio neandertal; porque mesmo assim há mais pessoas do que nunca a ter educação superior.

domingo, janeiro 22, 2017


Mariajoaquinapedrojoão” 
Conhecem de certeza aquela situação em que o vosso pai ou a vossa mãe não se lembra do vosso nome e diz os nomes todos lá de casa até dar com o vosso, não conhecem? Eu conheço. Mas sabem porque é que é inevitável? É um fenómeno que tem intrigado os cientistas e agora têm uma sugestão para o explicar: é que arquivamos os nomes das pessoas em grupos – familiares, amigos, vizinhos, colegas. Samantha Deffler estudou 1.700 pessoas em diversas idades e quase todas, independentemente da idade, se esqueciam dos e trocavam os nomes às pessoas de vez em quando. Mas só entre as pessoas que “arquivamos” na mesma categoria: família, ou amigos, ou colegas; nunca misturamos as categorias, por exemplo indo buscar o nome de um filho em referência a um colega. Descobriu também que as mães são as piores neste aspecto.

sábado, janeiro 21, 2017


Os introvertidos
Quando separamos as pessoas em categorias temos tendência a criar mitos um tanto ou quanto reducionistas. Por exemplo que as pessoas introvertidas são envergonhadas, preferem não conviver com as outras pessoas, são negativas e nada boas líderes. Mas pelo que li isto nem é verdade: muitas pessoas introvertidas não são particularmente envergonhadas e não evitam companhia; precisam é de tempo a sós para regenerar e preferem uma conversa calma a um canto, do que ser o centro das atenções. E esta necessidade de tempo a sós não é uma coisa negativa para elas, antes pelo contrário. E quanto a serem más líderes, bem... o Bill Gates, por exemplo, é uma pessoa introvertida e ainda assim lidera um império de milhares.

sexta-feira, janeiro 20, 2017

Os automóveis do futuro 
Se bem se lembram, no Regresso ao Futuro já haviam carros voadores em 2025. Duvido que tenhamos, mas segundo li a Airbus está a desenvolver um carro voador e pensam começar a testar o protótipo já no fim deste ano!
(foto: © Airbus Group)

quinta-feira, janeiro 19, 2017


Abacate
Quem gosta de abacate? Quem gosta mesmo muito de abacate que faça já reservas para a Holanda, mais propriamente Amsterdão, onde estão prestes a abrir um restaurante que só serve abacate de toda a forma e feitio!
Deve requerer imaginação :-)

quarta-feira, janeiro 18, 2017


Medidas contra as falsidades
As pessoas que confiam nas redes sociais para as informar sobre a actualidade estão lixadas, porque, como se sabe, circulam imensas notícias falsas. Tem-se falado muito nisto e agora o Facebook deixou-se inspirar pela rede social chinesa WeChat no combate contra as notícias falsas. A WeChat simplesmente filtra notícias falsas e rumoures nos perfis dos utentes.
“Fixe”, pensei cá para mim, “se há quem perceba de notícias falsas são os chineses, onde propaganda e censura de opiniões críticas ao governo são mato”.

terça-feira, janeiro 17, 2017


Não descasques 
Sempre preferi comer fruta com casca… excepto bananas… e ananás... e côco. E a batata também costumo comer com casca; habituei-me. E há dias li que ainda bem, já que há várias frutas ou vegetais que nunca deverámos descascar: por exemplo a batata, que tem mais ácido fólico, fibras e ferro na casca do que no resto; o mesmo se aplica às cenouras, cujo conteúdo de poliacetileno, um anticancerígeno, antibacteriológico e antiinflamatório, está na casca. E já agora deixem também de descascar os pepinos (a casca tem magnésio, potássio,  cálcio, fósforo e vitaminas A e K) e as berinjelas (na casca tem flavonoides, que são bons para o cérebro e ajudam a manter o peso). E as maçãs também se comem com casca, que tem pectina que estaliliza o colesterol.